Novas regras do cartão de crédito

Elas entraram em vigor, no dia 03 de abril e ainda tem deixado muita gente com dúvidas. Com as mudanças nas regras para o uso do rotativo do cartão de crédito, agora, os clientes enfrentam restrições para fazer o pagamento mínimo da fatura e entrar. A alteração foi uma determinação do Banco Central.

A medida foi criada para tentar coibir o uso do rotativo e obrigar os bancos a oferecer uma solução de parcelamento para o cartão de crédito com juros mais baratos.

Antes da mudança, para não ficar inadimplente, o consumidor precisava pagar ao menos 15% do valor da fatura de seu cartão de crédito (pagamento mínimo) até o vencimento da fatura. O restante da dívida ficava para o mês seguinte.

No mês seguinte, o cliente receberia a fatura com o saldo da dívida do mês anterior acrescido dos juros. Se não conseguisse pagar o valor integral, ele poderia, então, fazer novamente o pagamento mínimo de 15%, no mesmo processo anterior, e assim sucessivamente.

Agora, o consumidor que não conseguir fazer o pagamento integral de sua fatura do cartão de crédito poderá fazer o pagamento mínimo de 15% apenas por um mês. Na fatura seguinte, ele não poderá repetir o processo, pois o banco é obrigado a oferecer uma linha de crédito para que o consumidor parcele a sua dívida.

Mais detalhes você pode conferir na entrevista com o professor e educador financeiro, Sandro Borges.

*Entrevista veiculada em 09/05/2017.

Se precisar de de ajuda entre em contato com Sandro Borges. Tel. 31 9.8859-4432 ou sandro.borges@dsop.com.br.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *